terça-feira, 17 de julho de 2012


"Nunca perca de vista o seu ponto de partida."

"Seja uma ponte que liga os que tem de sobra, com aqueles que sentem
falta de tanta coisa."

"O silêncio é a linguagem de quem ama; é melhor que a palavra renuncie
e se exprima com afeto. Somente a alma, na sua linguagem silenciosa,
consegue fazer o que sentimos."

16/7/1194 - Clara de Assis, religiosa, fundou o ramo feminino da Ordem
Franciscana e, segundo alguns, ex-noiva de Francisco de Assis de quem
foi companheira nos votos de pobreza.



(via querida alice ruiz)

::::

não gostaria de viver de saudades. pois é claro que a nostalgia, se não nos leva pra frente, pode ser capaz de nos paralisar. mas é claro também que algumas coisas já foram mais simples. mais fáceis. ou talvez mais críveis. triste é saber que ninguém pode viver na ilusão. que nunca vai ser, nunca vai dar, o sonhador tem que acordar.
acordar sim - necessário. mas também voltar a crer. principalmente em si.

domingo, 15 de julho de 2012

.

"nosso espaço é o eco que deixamos. ausência."


(não sei quem é o autor)

sábado, 14 de julho de 2012

_

"gosto de segredos. gosto do que não está completamente revelado. do que me causa diferentes ideias de significados.
eu não preciso entender o que se passa em uma cena. mas eu preciso confiar."

(viliam, diretor do grupo de teatro "Farm in the Cave", sobre seu desejo com relação ao que assiste)

o homem público número 1 (antologia)

tarde aprendi
bom mesmo
é dar a alma como lavada. 
não há razão para conservar
este fiapo de noite velha.
que significa isso?
há uma fita que vai sendo cortada
deixando uma sombra no papel.
discursos detonam.
não sou eu que estou ali 
de roupa escura
sorrindo ou fingindo
ouvir.
no entanto
também escrevi coisas assim,
para pessoas que nem sei mais,
quem são,
de uma doçura
venenosa
de tão funda.


(ana cristina césar)

quinta-feira, 12 de julho de 2012

no more tears

and in my eyes you see nothing
no sign of love behind my tears
cried for no one
(a love that should have lasted years)

terça-feira, 10 de julho de 2012

segunda-feira, 2 de julho de 2012

-----------------------

estamos todos esparramados. torcendo pra não evaporar. a tecnologia nos fez descrentes. mais sós. a espera do juízo final. mas o afeto ainda é. e invade-nos na hora em que a gente menos espera.